Dua Lipa chora e se diz horrorizada após fãs serem detidos em show na China

A cantora britânica Dua Lipa chorou depois de ver alguns fãs serem detidos por autoridades chinesas durante seu show em Xangai nesta quarta-feira (12).

Essas pessoas teriam sido levadas pela equipe de segurança após levantarem bandeiras em defesa da causa LGBT, segundo algumas testemunhas ouvidas pela BBC. O tema é um tabu no país e o casamento entre homossexuais é proibido.

A polícia agiu de forma muito agressiva. Em vídeos, é possível ver alguns fãs sendo puxados violentamente de seus assentos.

Após ver a cena, a artista foi às lágrimas no palco e se manifestou: “Só quero criar um ambiente seguro para que nos possamos divertir”, disse.

“Eu quero que todos nós dancemos, cantemos, eu quero que todos nós tenhamos bons momentos”, disse ela à multidão. “Eu adoraria nessas últimas músicas que nós realmente nos divertíssemos. Que tal isso?”

Depois da apresentação, Dua Lipa voltou a se manifestar pelas redes sociais.

“Ontem a noite fiz isso para meus fãs. Um show prometido. Eu fiquei ao lado deles, cantei com eles e dancei com eles. Eu vou ficar ao seu lado por seu amor e suas crenças e estou orgulhosa e grata por vocês terem se sentido seguros o suficiente para mostrar seu orgulho em meu show.”, afirmou.

“O que vocês fizeram exige muita bravura. Eu sempre quero que minha música traga força, esperança e união. Fiquei horrorizada com o que aconteceu e envio amor a todos os meus fãs envolvidos. Eu adoraria voltar para os meus fãs quando for a hora certa e tenho a esperança de ver uma lugar cheio de arco-íris.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *