Grammy 2019: apesar de críticas no Twitter, performance de Lady Gaga é aclamada por críticos

Quando Lady Gaga apresentou uma versão totalmente diferente de “Shallow” no Grammy, no domingo (10/2), muita gente achou esquisito. O Twitter foi tomado por críticas e não eram apenas de haters. A cantora transformou a balada emotiva em uma performance eletrizante, que não foi bem recebida por todos. Mas sua apresentação é quase unanimidade na imprensa especializada. Veículos importantes na cobertura de música fizeram elogios à performance da popstar, como foi o caso da Rolling Stone. Veja os comentários abaixo!

Lady Gaga na premiação do Grammy 2019 onde ganhou 3 premiações (Foto Getty Images)

Rolling Stone
“Que ótimo: nossa artista pop rock está de volta e em plena forma. (…) As apresentações anteriores de ‘Shallow’ foram altamente emotivas: em seu show em Vegas, ela encerra a noite chorando atrás de um piano enquanto canta. No domingo, ela estava sem Jackson Maine (Bradley Cooper estava no BAFTA), então Gaga se deu por inteira ao apresentar a música ao lado dos compositores, incluindo MArk Ronson. Ela deslizou pelo palco como uma suicida do rock ‘n roll, olhando para a câmera enquanto sacudia o corpo com gosto. Foi um puro ‘glam camp’ com Gaga tendo o tipo de diversão de premiação que ela costumava ter quando começou essa maldita coisa. Poderia haver uma centena de pessoas na sala, mas você precisa de apenas uma Gaga excêntrica para fazer você acreditar nas performances do Grammy de novo”.

Billboard
“Estamos distantes dos dias de Ally agora, com Lady Gaga demonstrando nenhum interesse em replicar sua performance pop emocionante de ‘Nasce Uma Estrela’ no palco do Grammy. Ao invés disso, interpretando a balada poderosa de assinatura do filme de um jeito muito Lady Gaga. Usando um figurino prateado, Gaga passou a performance inteira gesticulando e se debatendo com o microfone, como se tivesse acabado de ver o ‘Bohemian Raphsody’ de novo nos bastidores antes de se apresentar. Não se encaixou bem, mas ‘Shallow’ ainda é ‘Shallow’.

Time
“O conflito central de ‘Nasce Uma Estrela’ coloca o espetáculo pop contra a autenticidade. Mas, na noite de domingo,Lady Gaga mstrou que você pode ter as duas coisas. Em sua performance de ‘Shallow’, Gaga dispensou a camiseta branca de sua personagem e optou por um macacão de lantejoulas, sacudiu a cabeça, chutou alto e foi direto para a câmera, enquanto entregava a música imaculadamente crescente, com força e precisão. Ela tornou Bradley Cooper totalmente supérfluo, estabelecendo um parâmetro alto para sua performance no Oscar”.

The Washington Post
“A primeira indicação de que Lady Gaga, e não Ally de ‘Nasce Uma Estrela’, apareceu para cantar ‘Shallow’? Aquele macacão incrivelmente brilhante. Sem seu parceiro Bradley Cooper (ele estava no BAFTAs), Gaga estava sozinha para sua balada assinatura do filme, indicada ao Oscar. Ela se contorceu ao redor do microfone, fazendo gestos verdadeiramente selvagens enquanto vagava pelo palco ao lado do co-autor Mark Ronson”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *